“Caminho da Escola”: Educação de São Simão recebe 2 novos ônibus para ampliar frota escolar

A rede municipal de ensino de São Simão tem recebido cada vez mais investimentos. Além de melhorias na infraestrutura escolar e capacitação de equipe pedagógica, há também a preocupação com a ampliação e melhoria da frota escolar que diariamente transporta alunos da rede de ensino do município. A boa notícia é que, através de mais uma parceria com o Governo Federal, por meio do Programa Caminho da Escola, a educação de São Simão foi contemplada com o repasse direto de 2 novos ônibus para compor sua frota escolar, que a partir de agora passa a contar com quatro “amarelinhos”.

A entrega oficial dos veículos aconteceu na manhã desta segunda-feira (25), pelo prefeito Ibinho e autoridades, por ocasião da reinauguração da Escola Fundamental Cora Coralina.

Os veículos, 0km, são frutos de emendas da bancada federal de Goiás da legislatura 2015/2018 e com indicação do ex-deputado Federal, Jovair Arantes.

Ibinho destacou a importância dos ônibus para o fortalecimento do ensino em São Simão e Itaguaçu. “Sentimo-nos alegres com a chegada destes ônibus, que é fruto do trabalho da bancada federal do nosso estado, e em especial do amigo ex-deputado federal, Jovair Arantes, grande parceiro do nosso município. Hoje neste ato simbólico de repassar as chaves para os nossos motoristas, quero na figura deles, enaltecer o trabalho de todos os funcionários públicos da prefeitura, que são a força motriz de uma administração, e tão somente pedir duas coisas: cuidem bem deste patrimônio, e cuidem bem de nossas crianças, transportando nossos alunos com segurança e amor!”, disse.

O programa “Caminho da Escola” foi criado em 2007 com o objetivo de renovar a frota de veículos escolares, garantir segurança e qualidade ao transporte dos estudantes e contribuir para a redução da evasão escolar, ampliando, por meio do transporte diário, o acesso e a permanência na escola dos estudantes matriculados na educação básica da zona rural. O programa também visa à padronização dos veículos de transporte escolar, à redução dos preços dos veículos e ao aumento da transparência nessas aquisições.

O governo federal, por meio do FNDE (Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação) e em parceria com o Inmetro, oferece um veículo com especificações exclusivas — próprias para o transporte de estudantes — e adequado às condições de trafegabilidade das vias das zonas rural e urbana.