Unidade móvel do Hemocentro de Goiás veio a São Simão em busca de doadores de sangue e para realização de cadastro voluntário de medula óssea

A direção do Hemocentro Estadual de Goiás (Hemoceg) tem adotado uma série de iniciativas com o propósito de possibilitar o aumento da doação de sangue, levando a estrutura para atendimento cada vez mais perto do cidadão. E nesta quinta (26) e sexta-feira (27) deste mês, a Unidade Móvel do Hemoceg esteve na cidade, estacionada na Praça Cívica para atender as pessoas que se dispuseram a doar o sangue e realizarem cadastro de medula óssea, em favor do próximo. Durante dois dias, 245 pessoas foram cadastradas, sendo 80 para medula óssea, 170  bolsas de sangue coletadas, na cidade, na ação que teve iniciativa da Câmara Municipal e apoio da prefeitura de São Simão e secretaria de Saúde.

A Coordenadora de Captação do Hemocentro de Goiás, Kamila Neves, informou que a estratégia visa aumentar o estoque de bolsas de sangue na unidade. “A receptividade foi excelente e as doações superaram nossas expectativas. Foi melhor do que imaginávamos e conseguimos atender a nossa capacidade máxima”, destacou.

O Hemocentro Estadual de Goiás abastece toda a rede de assistência do Sistema Único de Saúde (SUS) em Goiás, composta por 190 serviços de saúde localizados em todo o Estado. Além do Hemoceg, localizado em Goiânia, as ações de coleta, análise e distribuição do sangue são desenvolvidas pelos Hemocentros Regionais, localizados em Ceres, Catalão, Rio Verde e Jataí. Há, ainda, as Unidades de Coleta e Transfusão, sediadas em Iporá, Formosa, Quirinópolis e Porangatu.

O vice-presidente da Câmara Municipal, vereador Fábio Kebinha, grande mobilizador pela vinda da unidade à cidade, afirmou que a campanha foi um sucesso e agradeceu aos parceiros da ação. “Graças a Deus, foi um sucesso superando as expectativas! Quero muito agradecer ao presidente da Câmara, Lazinho, e aos meus colegas vereadores que também colaboraram e concordaram com a realização dessa campanha. À prefeitura municipal na pessoa do prefeito Ibinho e as secretaria de Saúde e Educação. E meu obrigado a população que compareceu em massa e doou”, disse.

A abertura da campanha teve a presença do prefeito Ibinho, que falou da importância em doar e também aproveitou para agradecer a presença da comunidade.

“Eu agradeço as pessoas que aceitaram o convite para estarem aqui nessa campanha de doação de sangue e amor ao próximo. É muito importante ajudar, pois assim podemos salvar vidas”, disse.

Quem doou sangue ou se cadastrou para o banco de medula óssea, ainda concorreu a brindes ofertados pelos parceiros da campanha. Foram eles: Supermercado Alfa; Restaurante Canal; Construteles; Melo & Silva; Casa de Carne Real; Droga Líder; Posto São Simão; Casa Papai Noel; Papelaria Arte & Compasso; Rádio Formato FM e a coordenação do Encontro da Pesca Esportiva de São Simão.

Para doar sangue, é necessário que o voluntário tenha boas condições de saúde, de 16 anos a 69 anos e peso superior a 50 quilos. Todos os interessados são submetidos à triagem, na qual é feita uma entrevista e exames clínicos para averiguação de doenças como Aids e hepatite.