Escolas e Cemeis recebem da prefeitura kits Bebeteca para a educação infantil

Publicado · Atualizado

A importância da leitura não é novidade. Mas muitos desconhecem que o estímulo e o interesse pelos livros começam muito cedo, antes da idade pré-escolar, ainda bebê. Com esse pensamento a prefeitura, por meio da Secretaria de Educação, realizou na tarde desta segunda-feira (5), a entrega de kits Bebeteca para os Centros Municipais de Educação Infantil (CMEIs) Tia Palmira, Ester Giordani e Leila Lacerda (Itaguaçu) e para as escolas municipais.

Ao todo, 6 kits com 60 itens cada foram entregues e, adquiridos por meio de pregão ao valor unitário de R$ 2.620,00, totalizando R$ 15.720,00.

Compõem cada kit, livros de papel, de pano, musicais, de banho, com fantoches, de textura, de dobradura.

Os livros são coloridos com imagens, sons, alto-relevo, lembrando que é preciso estimular a curiosidade e atenção dos bebês e crianças, de acordo com a faixa etária de cada criança e seus interesses.

Segundo o prefeito Ibinho, o objetivo é a formação de novos leitores. “A preocupação é despertar o interesse na criança, que só acontece na pré-escola, mas aliada à diversão. O acervo é diversificado, com livros de sons, texturas, formas e histórias de animais”, afirma.

Ainda segundo o chefe do executivo, as Bebetecas fazem parte de um contexto de valorização da educação infantil, pois ela é a base da formação de todos os seres humanos. “Estamos oferecendo para nossas crianças o que há de melhor para iniciar o hábito da leitura e desenvolver a habilidade cognitiva. É muito importante os pais acompanharem a vida escolar de seus filhos, e despertar neles o hábito da leitura logo cedo”, reforçou Ibinho.

De acordo com o secretário de Educação, Divino Nogueira, além de despertar nas crianças o gosto pelos livros, as bebetecas podem ajudar na formação da escrita e também no aprendizado das crianças, oferecendo suporte através da leitura. “Além disso, dentro do ambiente bebeteca, podem ser desenvolvidas atividades de recreação que estimule o prazer pela leitura ajudando as crianças a adquirirem habilidades motoras e sócio afetivas com os materiais que envolvem o ambiente”, destacou.

Para a Coordenadora Pedagógica, Valdirene Oliveira, as Bebetecas contribuem para a construção da relação da criança com o livro a partir da apreciação. “Os pequenos transformam o livro em brinquedo e reconhecem-no como um importante objeto cultural. Por conta disso, há mais chances dessas crianças se tornarem leitores no futuro”, destaca.

A Bebeteca é uma biblioteca escolar voltada a crianças de 0 até 5 anos, um espaço onde as crianças entram em contato direto com a leitura. Por meio da leitura, as crianças vão desenvolver as habilidades cognitivas, a oralidade, a formação do leitor e viajar por meio dos contos.

Participou da entrega o prefeito Ibinho, o secretário da Educação e Cultura, Divino Nogueira, a Coordenadora Pedagógica, Valdirene Oliveira, diretores de escolas e Cemeis de São Simão e Itaguaçu.